Ultimamente o Everest tem sido destaque das manchetes, porém o motivo não é nada agradável, já que é o foco é o lixo deixado pelos montanhistas.

 



 

Em maio de 2019, segundo o The Himalayan Times, as autoridades, que ficaram responsáveis, pela coleta de lixo no Everest, recolheram 11 toneladas de entulhos.

Se o Everest não exigisse tanto e não fosse tão caro, a quantidade seria bem maior. Porém, problemas com lixo não acontecem só no Everest.

A Serra da Mantiqueira, cadeia de montanhas que possui um fluxo considerável de montanhistas, também sofre com o lixo deixado pelas pessoas.

 

Serra da Mantiqueira

É uma cadeia montanhosa que se estende por três estados São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

O ponto mais alto da Serra da Mantiqueira atinge uma altitude de 2798 metros. O território da serra está concentrado em Minas Gerais, 60% de extensão, Rio de Janeiro possui apenas 10% de extensão e São Paulo possui 30%.

 

Lixo na Serra da Mantiqueira

O problema mundial de lixo na natureza está devastando a Serra da Mantiqueira, já durante um trekking na região é possível se deparar com embalagens de comida, papel higiênico, restos de alimentos e até barraca abandonada já foi encontrada pelo caminho.

Isso é preocupante pelo fato de haver um desequilíbrio na fauna local, já que espécies não nativas da região começam a migrar para lá. Fora isso, o lixo e os dejetos humanos deixados na região podem ocasionar uma contaminação hídrica, já que a Serra da Mantiqueira possui várias nascentes de rios.

Para servir de comparação, a Reserva da Bioesfera da Mata Atlântica(RBMA), a Serra da Mantiqueira é uma das grandes reservas de água do planeta, ou seja, essa possível contaminação pode proporcionar resultados catastróficos.

 

Mantiqueira Bem

Realizada desde 2018, essa campanha tem como principal objetivo educar e conscientizar os turistas que vão até a Serra da Mantiqueira.

 

Você que já foi na Serra da Mantiqueira, o que está achando do lugar em relação ao lixo?

 

Leia também: