Fizemos uma viagem por um pequeno trecho da estrada real e o Santuário do Caraça não podia ficar de fora do nosso roteiro.

Natureza, descanso, turismo, história, cultura e fé se misturam nesse lugar. Independe dos motivos que te levem até o local, é impossível não ser contagiado pela energia boa e de paz do Caraça.

O Santuário do Caraça está localizado em Catas Altas, Minas Gerais, a aproximadamente 100 km de distância.



Ficamos por dois dias e duas noites por lá, para conhecermos um pouco das maravilhas que o Santuário oferece.  Nos hospedamos na Pousada do Caraça, na Ala dos Irmãos. Estar hospedado ali no Santuário foi uma experiência única.

A diária inclui café da manhã, almoço e janta. Todas as refeições são deliciosas e bem mineiras, mas a minha preferida foi o café da manhã. É possível fazer os próprios ovos mexidos, esquentar pães e queijos no fogão à lenha e se deliciar com a comida simples e tão especial.

Os dias estavam bem quentes, por isso optamos por conhecer algumas cachoeiras e quedas para nos refrescarmos.

Não podemos deixar de comentar que a água é extremamente gelada, a mais fria que já entramos! Mas vale muito à pena para revigorar o corpo e a alma.

 

Cachoeiras e rios no Santuário do Caraça

 Cascatinha

A cachoeira mais próxima do santuário, a apenas 02 km de uma trilha leve e acesso fácil. A água possui uma coloração próxima do laranja, contrastando com as pedras e o verde.

É possível nadar até a queda e sentir a água fria descendo nas costas em uma massagem natural.

No dia que fomos haviam muitos girinos nas pedras, o que incomodou um pouco mas não diminuiu a beleza da Cascatinha

 

Cascatona

Foto: Autor Desconhecido

Como o próprio nome sugere, a Cascatona possui uma queda maior e mais forte. Para ver essa beleza, a trilha é mais puxada e também mais longa, aproximadamente 06 km.

A trilha mais fechada e mais difícil é recompensada assim que se avista a queda. O poço é pequeno, mas uma delícia. Por ser mais distante, o local fica bem mais vazio e tranquilo.

Não recomendamos o passeio para quem tem alguma dificuldade de locomoção e também não é uma boa ideia fazê-lo sozinho. Por ser mais vazia, em caso de qualquer imprevisto será mais difícil e demorada alguma assistência.

 

Prainha

A prainha é um local principalmente de passagem, pois fica no caminho para a Cascatinha. Ideal para crianças e quem não está disposto a caminhar para se refrescar.

Do Santuário até a Prainha não chega a 01 km. O nome vem da areia fina que margeia o Ribeirão Caraça.

 

Outras Atrações do Santuário do Caraça

Além da natureza, o Santuário reserva inúmeras outras atrações, como o núcleo histórico, missas e a famosa visita do Lobo Guará à noite. Este último é uma atração curiosa e muito esperada por quem passa a noite por perto.

É colocada uma badeja com comida para o animal logo em frente à igreja. Os visitantes aguardam em silêncio a chegada do lobo. Chá e pipoca são fornecidos, tornando a espera ainda mais prazerosa.

A vinda é sempre uma surpresa, pode acontecer a qualquer momento ou o Guará pode simplesmente não aparecer. Mesmo que isso aconteça, o clima dessa expectativa torna a noite muito especial.

Foram apenas dois dias, mas nos sentimos descansados como se fossem semanas. Agora ficaremos com a saudade e a vontade de voltar em breve!