A escalada é um esporte outdoor que possui muitos praticantes e é extremamente versátil, pelo fato de poder ser praticado tanto em ambiente indoor quanto em ambiente outdoor.

 

As fotos que a prática proporciona são surreais de tão belas, podendo ser marcadas pela imensidão do horizonte ou pela vitória de ter superado a via.

Antes de falarmos sobre o projeto de um fotógrafo americano Luke Rasmussen, vamos conhecer um pouco do esporte.

 

O que é escalada?

É um esporte ou atividade que tem como principal objetivo chegar ao topo de um obstáculo vertical.

É praticado com o auxilio de cordas, mosquetões e outros equipamentos de segurança.

Possui duas frentes, a escalada indoor e a escalada outdoor.

A modalidade indoor é realizada em uma parede de escalada construída de maneira customizada, ou seja, as vias são instaladas de acordo com quem vai subir a parede, podendo variar de tamanho e de dificuldade.

Geralmente são construídas dentro de shoppings, casas de festas e/ou buffets infantis.

A escalada outdoor é realizada em ambientes externos e as vias são construídas na própria rocha, com isso os equipamentos utilizados podem variar de acordo com o ambiente e com o clima do local.

 

Big Wall

É uma das modalidade de escalada que é realizada em ambiente outdoor, ou seja, está inserida como uma escalada outdoor.

A diferença no Big Wall é que o praticante terá que dormir durante o processo. Sim, você não leu errado.

Há equipamentos que permitem que o escalador durma no meio do processo. Não há um tamanho padrão para uma escalada ser considerada ”Big Wall”, apenas que exija que o esportista durma durante a prática.

Essa prática exige equipamentos de camping, já que você terá que pernoitar. Obviamente são equipamentos que se adequem a situção.

 

Agora que já conhecemos mais sobre a escalada, vamos conhecer o projeto do fotografo que tem a intenção de mostrar a prática de outra maneira, sem o escalador, apenas as vias.

 

Motion Illuminated

A ideia do efeito luminoso é destacar as vias. Para isso é necessário que o escalador suba usando alguns equipamentos de led.

O efeito que o Luke Rasmussen da para as fotos, faz com que o escalador suma e apenas o trajeto feito por ele fique destacado.

A ideia do profissional é parar no tempo e ressaltar alguns detalhes que a fotografia normal não nos mostra:

A fotografia tradicional não nos permite capturar isso. Minha fotografia é uma tentativa de fazer isso. É uma tentativa de alguma maneira, de capturar a passagem do tempo e congelá-la em um único momento.

Confira algumas fotos do Luke Rasmussem:

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

You can’t beat being on the beach. You can’t beat the sound of the ocean. And you especially can’t beat climbing at night and taking some weird ass photos.

Uma publicação compartilhada por Luke Rasmussen (@phluke_photos) em

 


 

Para mais informações sobre o projeto do fotógrafo, que também é escalador, confira o site e o Instagram dele.

O que acharam das fotos?! Animal, não é verdade?! A ideia de mostrar todo o trajeto de escalada parado no tempo é fenomenal!