Estamos realizando diversas postagens sobre lugares para se visitar, e por mais que o Chile já tenha sido citado, voltamos para o país que fica no extremo oeste da América do Sul para contar para você mais dois lugares fantásticos, que não podem ficar de fora.

 

 

Laguna Del Inca

Visão da Laguna Del Inca

Localizada a 164 Km da capital Santiago, a Laguna Del Inca fica no meio da cordilheira dos Andes, a uma altitude de 2888 metros.

Mesmo estando entre os gigantes dos Andes, a Laguna demonstra imponência, afinal de contas, estamos falando de 4 Km² e 370 metros de profundidade.

Durante o ano, há dois extremos para a Laguna Del Inca. No frio, o lago fica congelado, já no verão o lago se torna destino de pescadores e de pessoas que gostam de passear de caiaque.

Algumas lendas locais, dizem quem uma princesa Inca morreu dias antes do casamento e foi enterrada perto do local, com isso as lamentações do seu noivo, o guerreiro Illi Yupanqui, podem ser ouvidas em algumas noites. A sinfonia dos ventos deixa essa lenda ainda mais real.

Para chegar até a Laguna Del Inca, o caminho mais recomendado é a Estrada de Los Caracoles, não por ser mais rápida, ou mais segura, nem nada referente a logística, mas sim por ser a mais bonita.

As fotos proporcionadas no local são surreais, então vale sim à pena pedir para o guia ou se você estiver indo de carro alugado, passar por lá.

Vale ressaltar que as estradas podem ter um aspecto escorregadio, já que estamos de uma região de altitude, uma região nevada, então atenção redobrada.

É possível fazer um bate volta se você ficar hospedado em Santiago, porém se você tiver condições de investir em uma boa hospedagem, nossa recomendação é o Hotel Portillo, que possui 123 quartos e todos possuem vista da Laguna.

 

Parque Nacional Isla Magdalena

Pinguins presentes no Parque Nacional Isla Magdalena

Saindo dos Andes, vamos para a Patagônia, no Parque Nacional Isla Magdalena. O lugar é considerado Monumento Natural desde 1982, com isso 80% das terras dessa ilha são protegidas.

Consequentemente, o lugar é bem cuidado, preservado e possui uma diversidade, principalmente de, fauna, muito rica.

O lugar ainda possui um vulcão, o Mentolat, que pode ser explorado pelos trekkers mais curiosos. Lembrando que para essa atividade, é necessário preparo, já que o vulcão está localizado a 1659 metros de altitude.

O Isla Magdalena faz parte de um trajeto chamado Rota dos Parques da Patagônia Chilena, que é uma rota de 2800 Km que passa por 17 parques nacionais.

A fauna local é similar a cidades portuárias com pingüins e gaivotas. Inclusive, a comunidade de pingüins encontrada no Isla Magdalena, é a maior do sul Chileno. E você achando que para ver esses animais precisar ir muito longe, né?!

Para acessar o Parque Nacional Isla Magdalena, é necessário ir de barco, não há meio de chegar lá por terra. A maioria dos trajetos duram uma hora.

Se você não conhece a região, nossa recomendação é que contrate um guia, pois não há caminho demarcado, ou seja, é fácil de se perder.

Em relação a hospedagem, nossa recomendação é procurar algum hostel ou hotel na cidade Puerto Cisnes. Essa cidade fica próxima de dois outros parques nacionais, para aqueles que querem expandir o roteiro.

 

Chile é um país incrível, com belezas únicas, então era normal que a lista de destino aumentasse. Já visitaram ou pretendem visitar um desses dois destinos?!

 

Leia também: