Peregrinação é algo bem frequente na vida de um mochileiro, pois envolve trekking e um longo período fora de casa.

 

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

 

Porém, peregrinar exige muito do corpo, pois algumas peregrinações podem durar mais de um mês como é o caso do Caminho Santiago de Compostela.

Alguns mochileiros sofrem com dores e cansaço durante a viagem e isso acaba prejudicando o desempenho do mesmo.

Pensando nisso, vamos citar situações que podem estar prejudicando o seu desempenho e ajudar a controlá-la.

 

Posição da Mochila

Resultado de imagem para posição mochila

 

Nesse caso, a mochila é indispensável, porém alguns mochileiros ainda não sabem como posicionar e arrumar uma mochila.

A posição da mochila deve estar sempre de acordo com o seu corpo e ajustada  nas regiões dos ombros e quadril, que são locais onde os mecanismos da mochila vão aliviar o peso.

A disposição de itens no interior da mochila também interfere em como ela vai ficar nas costas. Itens mais pesados devem ficar mais próximos da coluna do mochileiro, com isso o ponto de gravidade vai ser apenas um.

Com itens pesados nos extremos de uma mochila, o peregrino caminhará sempre com algo puxando ele para trás ou para os lados, exigindo ainda mais do corpo e resultando em dores.

Para que você consiga esse conforto, é necessário investir em uma boa mochila.

As mochilas Deuter possuem diversas litragens e os mais variados ajustes que permitem com que o mochileiro configure da melhor maneira possível.

 

Bastão de Caminhada

Resultado de imagem para bastão de caminhada

Um item que é praticamente indispensável em caminhadas mais longas, pois ele auxiliará na pisada e às vezes servirá para fazer força, evitando um desgaste nas pernas.

Existem inúmeras opções de bastão de caminhada, desde os mais pesados até os mais leves.

A maneira correta de utilizar o bastão é com o cotovelo em um ângulo de 90° para evitar desgaste nos braços.

Além disso, o item pode ser usado para ”mapear” a área e evitar encontros indesejados com animais e quedas em buracos.

 

Alongamentos

Resultado de imagem para alongamento

Mesmo com um preparo físico bom, lesões acontecem, ainda mais quando o corpo é extremamente exigido.

Antes de um dia de caminhada, solte a musculatura com alongamentos(principalmente na área das panturrilhas) e faça com que seu corpo fique mais responsivo e seus músculos fiquem aquecidos.

 

Hidratação

Resultado de imagem para hidratação

Um carro sem óleo e gasolina não funciona bem, o corpo sem água também não.

Normalmente, para manter o corpo funcionando bem é necessário beber cerca de 2 litros de água(em dias mais quentes o consumo sobe para 3L), quando está praticando atividade física, o consumo aumenta.

O corpo humano é composto por 60% de água, nos músculos esse número sobe para 75%, por isso a necessidade de se hidratar mais durante uma atividade física.

O consumo durante uma atividade pode variar de acordo com o tipo de atividade e clima local, podendo chegar até a 7 litros.

 

Calçado Ideal

Resultado de imagem para calçado ideal

Quando se pensa em uma caminhada longa, é inevitável pensar em um tênis confortável, afinal de contas, quem é louco em fazer uma peregrinação de chinelo?

Procure uma bota que proteja o seu pé, calcanhar e tornozelo, e proporcione conforto.

As tecnologias presentes nas botas farão com que as dores demorem a chegar, proporcionando conforto em um período maior de caminhada.

 

É evidente que, com o corpo cansado e desgastado, as dores vão chegar em algum momento, a intenção desse post é adiar o máximo possível qualquer dor, desconforto e incômodo.

 

Uma Boa Noite de Sono

Imagem relacionada

Para finalizar, uma boa noite de sono sempre ajuda o corpo a se curar, independente da dor que estiver ou do nível de cansaço que você esteja.

Procure aproveitar a noite para descansar a musculatura e a mente, para que no outro dia seu corpo esteja 0 km novamente.

 

Esse post não serve apenas para peregrinos, serve para qualquer praticante de atividade física, claro que alguns tópicos são mais específicos, mas no geral, essas dicas servem para a maioria das atividades.

Esperamos que com as nossas dicas, vocês consigam ter um rendimento melhor durante a prática de qualquer atividade física e, claro, consigam aproveitar melhor a peregrinação.