O Brasil é um país rico em vegetação e belezas naturais, por isso é um dos principais destinos para realizar atividades Outdoor. Além de estar praticando atividades físicas, algumas trilhas ainda contam com um pedaço da história.

 



 

Uma das trilhas mais ricas em história é a Trilha do Ouro, caminho que auxiliava o transporte de minério durante o período colonial e era muito usado como rota alternativa dos contrabandistas de minério e café.

 

Trilha do ouro

A trilha que serve de complemento para à Estrada Real possui 48 Km e liga São Paulo ao Rio de Janeiro.

Segundo alguns historiadores, a trilha foi aberta pelos índios Guaianazes. Além de servir para os contrabandistas evitarem problemas na Estrada Real, também auxiliava no transporte de minério durante o período Colonial.

 

Trekking na Trilha do Ouro

Para realizar um trekking nessa região é recomendado que tenha experiência, pois o percurso exige, em média, três dias para ser concluído.

O interessante desse trekking é que todo o seu trajeto é realizado imerso na Mata Atlântica e durante o caminho é possível avistar antigas casas de colonos e bastante vestígio sobre a história da mineração brasileira.

Inclusive, após um dia de trekking é possível chegar a uma parte da trilha nomeada de ”pé de moleque”, calçamento natural que foi formado por pedras centenárias que sempre acabavam caindo das charretes que transportavam minério.

Além da história, a trilha possui cachoeiras, rios e um ecossistema que pode englobar diversos tipos de vegetação.

 

Como eu faço para realizar a travessia d Trilha do Ouro?

Para realizar o trekking da Trilha do Ouro é possível ir sozinho ou ir com agências de turismo.

Principalmente se você não conhece a região a agências de turismo são extremamente recomendadas, há diversos pacotes que podem custar até 650 reais, variando de acordo com a forma de pagamento.

Para ir sozinho é necessário realizar um cadastramento via e-mail(pnsb.rj@icmbio.gov.br). Nesse registro deve constar nome, RG, CPF, endereço, número de pessoas que vão realizar a travessia e quantidade de dias.

Com o registro completo, você receberá uma autorização, que deverá ser apresentada na entrada do Parque Nacional Serra da Bocaina.

 

Quem aí ficou ansioso para conhecer essa trilha? E quem aí já realizou trekking na Trilha do Ouro, conta para gente como foi a sua experiência.