A História de superação do Atleta indígena Jim Thorpe

Já vivenciamos alguns dias que falamos ”Era melhor ter ficado em casa” ou aquele sinal vermelho misturado com um trânsito infernal logo quando você está atrasado.

Enfim, sempre tem aquele dia que achamos que o mundo está conspirando contra. Para deixarmos isso de lado, que tal conhecermos a história de superação do nativo americano Jim Thorpe.

 

A história do Jim Thorpe nas Olimpíadas de 1912

Em um dia comum de Olimpíadas, onde os atletas estão se preparando para as provas, Jim Thorpe viveu momento angustiantes, já que seus sapatos de corrida haviam sido furtados momentos antes de uma prova.

Numa situação desesperadora, alguns atletas iriam desistir ou entrariam sem foco na competição, resultando em um mal rendimento na prova.

No entanto, ao invés de sentar e chorar, Jim correu atrás e começou a procurar outros sapatos, até que ele acabou encontrando um par dentro de uma lata de lixo.

A maré finalmente estava conspirando a favor, só que um dos sapatos era de uma numeração maior, fazendo que calçado ficasse se soltando do pé. Jim pegou várias meias e foi colocando no pé até bater a numeração.

Após isso, Jim finalmente conseguiu focar suas atenções para a prova e sabe o que aconteceu? Ele não ganhou uma prova, ganhou duas provas e se tornou o primeiro nativo americano a conquistar uma medalha de ouro nas olimpíadas.

Quantos atletas desistiriam da prova quando soubessem que o sapato havia sido roubado, ou quantos atletas entrariam desconcentrados na prova apenas por passar por aquela situação.

Mas porque Jim Thorpe conseguiu manter a calma e ainda conseguir chegar no lugar mais alto do pódio?

Jim era um indígena, que habitava as terras que hoje conhecemos como Oklahoma, ou seja, vivia no meio selvagem, caçando e enfrentando desafios dos mais diversos para sobreviver.

Todas essas situações vivenciadas no meio outdoor, deu ao Jim resiliência par superar os mais diversos obstáculos.

 

E você, o que você superou hoje para conseguir alcançar ou chegar mais perto dos seus objetivos?

5 Cidades para curtir o inverno em Minas Gerais

Para já irmos nos programado para o inverno, vamos listar algumas cidades que da para aproveitar mesmo com o clima mais frio.

Sabemos que o inverno faz com que algumas pessoas ficam reclusas em casas, mais precisamente debaixo de algumas cobertas.

Durante essa estação, algumas pessoas optam por degustar um delicioso chocolate quente enquanto apreciam um bom filme ou série.

Para você que tem essa rotina, esse post é para você sair da sua zona de conforto!

 

Monte Verde

Resultado de imagem para cidade monte verde mg

Graças as suas características, a belíssima Monte Verde é considerada como ”Suíça Brasileira”. Para quem gosta de frio e ar fresco, a cidade é o destino ideal.

Rodeado por uma flora composta por pinheiros e montanhas verdes, Monte Verde está localizado a 1600 metros de altitude.

Os principais passeios da cidade estão ligados a natureza como volta a cavalo, trilhas e montanhismo.

A cidade possui um clima bem ameno, que parece que anestesia a alma, por isso é um destino muito comum para casais.

 

Poços de Caldas

Resultado de imagem para cidade poços de caldas mg

Conhecido pelas suas piscinas termais, que fazem com que Poços de Caldas um destino muito bom para o inverno.

A temperatura das águas está longe de ser o principal motivo da visita, já que as piscinas estão localizadas em obras com arquiteturas espetaculares.

O Palace Cassino e o Palace Hotel, onde fica localizado as fontes, foram construídos com pedra de mármore. Além das instâncias hidrominerais, a cidade proporciona aos turistas passeios culturais e ecológico.

 

Araxá

Resultado de imagem para cidade Araxá mg

Araxá é uma cidade que atende todos os gostos, desde os turistas que querem ir para o lugar para cuidar da alma, até pra os mais radicais que querem voar de paraglider.

Como estamos falando de uma época de frio, vamos focar na culinária local e na paz da cidade.

Primeiramente a culinária, que desde salgados à doces, não decepciona. Agora para quem quer relaxar e curtir o passeio para acalmar a alma um local que precisam visitar é a fonte hidromineral.

 

 Tiradentes

Resultado de imagem para cidade Tiradentes mg

Se você quer conhecer mais sobre o Estado Mineiro, você precisa visitar a cidade de Tiradentes.

A pacata cidade mistura a história, cultura, religiosidades, natureza e gastronomia de Minas Gerais, com isso,  ela se torna um dos principais destinos turísticos no inverno.

Outro charme da cidade é o fato dela ter sido usda para diversas gravações de novelas, filmes e minissérie da época.

Além disso, há a oportunidade de conhecer mais sobre a arte barroca, movimento artístico que movimentou o mundo das artes séculos atrás.

 

São Lourenço

Resultado de imagem para cidade são lourenço mg

Para cuidar do corpo e da mente, São Lourenço é a cidade mais indicada. A pacata cidade do sul de minas possui a reserva hidromineral mais jovem do Brasil, com isso suas fontes de água mineral possuem valor medicinal, o que proporciona os turistas deliciosos banhos relaxantes.

Além das fontes hidrominerais, São Lourenço possui a Maria Fumaça Trem das Águas e o teleférico, dois ótimos passeios para curtir ainda mais a viagem.

 

Com essa 5 dicas de cidades para se visitar no inverno mineiro, aposto que você vai trocar a coberta quentinha da sua casa por um coberta quentinha de algumas dessas cidades, não é mesmo?

 

5 cidades para conhecer em um final de semana

Conhecer novas pessoas e novos lugares é essencial para o crescimento empírico de uma pessoa. No entanto, viajar é algo que demanda tempo e, caso a viagem seja feita em grupo, é necessário que todos estejam de acordo com esse tempo.

Para ajudar aqueles que possuem dificuldade em organizar viagens maiores, vamos listar 5 destinos mineiros que você consegue aproveitar bastante em apenas um final de semana, sem gastar muito dinheiro e não vai precisar se ausentar das suas responsabilidades por um longo período.

 

Serra da Canastra

Resultado de imagem para serra da canastra

Sempre citamos a Serra da Canastra como um destino de viagem, pois o lugar é fantástico, atende todo os públicos e não tem tempo ruim para ir.

Localizada a 300 km de BH, a Serra da Canastra engloba passeios de barcos no cânion de furnas, descanso no pé da serra degustando um delicioso queijo canastra.

Em épocas frias, o queijo canastra pode vir acompanhado de um delicioso vinho. Se você sair em viagem de manhã, de tarde você já chega ao seu destino.

 

Ouro Preto

Resultado de imagem para ouro preto

Todo mineiro tem um carinho especial pela cidade de Ouro Preto, afinal de contas ela conta uma grande parcela da história do povo mineiro.

A cidade é marcada por construções antigas e o turismo é voltado para as igrejas locais. Para você conhecer bem a cidade, é necessário pelo menos uns dois dias. Com isso, Ouro Preto entra na nossa lista de passeios.

Lembrando, você também pode fazer bate volta, caso queira apenas almoçar fora e passar um pouco na cidade, afinal de contas apenas 96 km separam a cidade histórica da capital mineira.

 

Congonhas

Imagem relacionada

A cidade de Congonhas, famosas pela sua arquitetura única, atrai amantes da história, arte e arquitetura do Brasil inteiro. Semelhante a cidade de Ouro Preto, Congonhas possui um turismo voltado para igrejas.

O principal ponto da cidade é  o Jardim dos Passos, que está localizado em frente a basílica e contém as seis capelas no seu conjunto arquitetônico, que em 1985 foi considerada pela UNESCO como patrimônio cultural da humanidade.

Resultado de imagem para congonhas Jardim dos passos

Se você tem vontade de conhecer essas construções de perto é muito fácil, afinal de contas Congonhas está localizada apenas 75 km de Belo Horizonte, podendo fazer uma viagem em apenas um dia ou, caso queira passear pela cidade com mais calma, é possível se hospedar em hotéis.

 

Poços de Caldas

Resultado de imagem para poços de caldas

Localizada a 461 km de Belo Horizonte, a cidade de Poços de Caldas é ideal para quem curte um clima mais fresco.

A cidadezinha de Poços possui alguns atrativos mais ao centro da cidade que são os destinos iniciais dos turistas, o melhor de tudo é que você consegue ir a pé, evitando gastos com transportes.

Resultado de imagem para poços de caldas teleférico

E para aqueles que gostam de sair um pouco dos centros urbanos, a cidade de Poços de Caldas possui algumas atrações como voo de parapente, teleférico e a fonte dos amores, local onde é possível interagir com micos.

O teleférico custa 25 reais ida e volta, e 15 reais apenas a ida. Para voar de parapente é um preço mais salgado devido ao custo com os equipamentos, por isso é necessário pagar a bagatela de 200 reais.

 

Sete Lagoas

Resultado de imagem para sete lagoas

A cidade é muito conhecida pelo Museu Ferroviário e pela Gruta do Rei do Mato. Sete Lagoas está localizada 72 km de Belo Horizonte e é o destino ideal para aqueles que querem sair dos tradicionais roteiros Ouro Preto, Congonhas e São João Del Rei.

A Gruta possui traços da história já que há dentro dela pinturas rupestres, além de estalagmites com formas raras, que são atrativos para os geólogos da região.

Resultado de imagem para sete lagoas serra de santa helena

A cereja do bolo para os amantes da natureza é a Serra da Santa Helena, que com uma altitude de 1076 metros permite com que os visitantes vejam a cidade inteira, além disso é possível praticar voo livre no local.

 

Tirando a Serra da Canastra e Poços de Caldas, que ainda vão exigir um pequeno planejamento, os demais roteiros você consegue fazer em um dia, caso não queira dormir fora e é ótimo para descansar e espairecer.

Conta aí, qual cidade você adora visitar em um final de semana para descansar?

 

 

Nova série de aventura: You vs Wild

A Netflix anunciou, em um evento de imprensa, a série You vs Wild, série interativa que será apresentada pelo Bear Grylls.

Então, para aqueles que vão descansar da rotina de viagens e aventuras, a Netflix está preparando uma surpresa muito boa, a série You vs Wild que vai estrear dia 10 de abril no sistema de streaming.

 

You vs Wild

A série contará com 8 episódios, onde quem está assistindo vai acompanhar o Bear Grylls nas aventuras selvagens.

Então, por ser interativa, quem estiver assistindo pode mudar a maneira que o Bear Grylls vai agir dentro do episódio. Confira o trailer de lançamento e entenda como vai funcionar a interação:

Obs: Assista o vídeo pelo computador

 

Bear Grylls

Resultado de imagem para bear grylls

Edward Michael Grylls conhecido como Bear Grylls, apresentador do programa ”A Prova de Tudo”, é britânico, aventureiro, escritor e montanhista.

Os conhecimentos em relação a sobrevivência que ele possui, foram adquiridos, principalmente, quando ele era integrante das Forças Especiais Britânicas.

No programa A prova de Tudo, Grylls era ”jogado” em um lugar inóspito e precisa encontrar maneiras de sobreviver e voltar para a civilização.

Com isso, podemos ter um breve noção de como a série You vs Wild será.

Bear Grylls também apresentava o programa ”No Pior dos Casos”, onde ele ensinava como se comportar em situações de riscos em ambientes urbanos  como acidente doméstico, acidentes de carro e até ataques de animais.

 

Série Interativa

Na plataforma de streaming Netflix, isso não é novidade pois já houve uma produção parecida quando o filme Black Mirror: Bandersnatch foi lançado.

O filme possui diversos desenvolvimentos e diversos finais, todos variavam de acordo com a escolha que o telespectador fazia.

Durante uma cena, é dado uma série de opções, com o próprio controle remoto, mouse(caso estiver assistindo pelo computador) ou dedo(caso estiver assistindo pelo telefone) você escolhia o rumo que o personagem iria tomar, com isso, os próximos acontecimentos também eram modificados.

O interessante desse tipo de série, é que todos estão vendo a mesma produção, mas não a mesma cena, proporcionando diversos pontos de vistas e interpretações.

 

Quem aí ficou ansioso para ver o Bear Grylls em ação novamente? Vão falar que vocês não ficavam surpresos com as loucuras que ele fazia!

Alimente-se bem e melhore a sua performance

Fazer atividades físicas é algo muito bom para aliviar o estresse, além de ser muito recomendado para deixar o corpo saudável.

Porém, só atividades físicas não é o suficiente e ainda existem pessoas que possuem um físico menos preparado para atividades, com isso ficam cansados ou com fome com mais rapidez.

Pensando em auxiliar essas pessoas, montamos uma lista de dicas voltadas a alimentação:

Obs: Não somos especialistas em educação física, por isso as dicas devem ser repassadas para um profissional da área antes de serem executadas. 

 

Alimentação

Comer é essencial para manter o corpo funcionando durante uma atividade física, proteína e carboidratos é a combinação ideal.

Além disso, o tempo entre as refeições também é essencial. O normal é o café da manhã, almoço e janta, porém é recomendado fazer lanches em intervalos de 3 em 3 horas.

Lembrando, que cada corpo funciona de uma maneira, ou seja,  há a necessidade de um acompanhamento médico para entender o funcionamento do seu corpo.

 

Alimentos Leves

Dê prioridades para alimento ”leves” como frango, peixe, frutas e sucos, principalmente sucos que envolvem salada(detox).

Alimentos industrializados desequilibram seus hormônios, com isso você vai se desgastar mais rapidamente.

 

Hidratação

Durante uma atividade física, o corpo consome muita água, por isso é necessário se hidratar.

Caso não se hidrate antes, durante e depois da atividade, o seu corpo vai se cansar com mais facilidade e você terá que conviver com dores após algumas atividades mais pesadas.

 

Açaí

UFA!! Vamos fazer uma dieta comendo uma coisa gostosa, finalmente!!

O açaí é composto de frutas vermelhas, com isso é considerado antioxidante e vai atuar reduzindo a inflamação muscular, facilitando a recuperação do atleta.

 

Como dito anteriormente, para manter o corpo funcionando perfeitamente, não basta apenas atividades físicas regulares, é preciso se alimentar bem.

Combinando uma rotina de exercícios regulares e uma boa alimentação, você vai se sentir mais disposto, saudável e seu rendimento vai apresentar uma melhora significativa.

Dicas para se proteger no verão

A época de calor é ideal para a prática de atividades outdoor, ainda assim é necessário ficar atento a várias situações, pois o calor pode trazer perigos que não aparecem no inverno.

Então, mesmo que a melhor época para praticar atividades seja o verão há a necessidade de ficar atento a algumas situações:

 

Animais Peçonhentos/Selvagens

Escorpiões, Cobras e insetos mais pitorescos são mais ativos em épocas de calor, ou seja, fazer trilha durante o verão, requer que você atento a esses perigos.

Evite andar de chinelo ou descalço em mata fechada, além disso, fique sempre atento onde você vai pisar.

Se for acampar, evite acumular lixo, pois isso fará com que animais selvagens sejam atraídos para a região, além disso, fique atento com os meios de transporte. Feche as portas do seu carro para impedir a entrada de animais selvagens.

 

Equipamentos Impermeáveis

Não se engane, mesmo em épocas de calor você precisa se preparar para adversidades temporais.

Em noites que sucedem dias quentes, a possibilidade de chuva é real, então se você for acampar com barraca que não é própria para a chuva, você vai se dar mal.

Além da barraca, roupas de frio e/ou impermeáveis também são essenciais para essa situação. Recomendamos que você leve a segunda pele, pois ela vai te proteger tanto no frio quanto no calor.

 

Cuidados com lagos, rios e similares

Banho de cachoeira, piscina e praia são roteiros mais comuns no verão, afinal de contas, nada melhor que combater o calor com um delicioso banho de cachoeira, não é verdade?

Porém, você precisa ficar atento. MUITO ATENTO. As chuvas em épocas de verão as chuvas são mais violentas que em épocas de frio, por isso a chance de acontecer uma tromba d’água que pode ser fatal em algumas situações.

Além disso, as chuvas noturnas são repletas de raios, fazendo com que você fique mais atento nos locais onde você vai acampar.

 

No geral, confira uma lista de dicas:

  • Roupas, botas e barracas impermeáveis
  • Evite acampar em lugares altos
  • Estude o clima e a região antes de entrar em lagos, cachoeiras e similares
  • Perneiras e luvas

 

Com essas dicas, você pode se aventurar tranquilo no verão. Como não conhecemos todas as regiões e nem todas as trilhas, busque sempre conversar com pessoas da região para pegar dicas e informações mais específicas.