Tirolesa é usada no resgate de Helicóptero em BH

A equipe Nerea de Resgate em áreas remotas realmente saiu da zona de conforto para realizar o resgate de um helicóptero Robinson Helicopter Company  que caiu em Belo Horizonte. 

O helicóptero que havia caído há alguns dias, estava com quatro tripulantes. Na ocasião o Corpo de Bombeiros de Mina Gerais foi acionado, e ninguém se feriu gravemente.

Veja a Matéria sobre a queda do Jornal Estado de Minas 

Mas então, o que o pessoal da Nera tem a ver com a história? Bom, eles não foram chamados para realizar o resgate das pessoas envolvidas no acidente e sim da aeronave que estava em um ponto de difícil acesso, em uma área de conservação ambiental. Veja o que o coordenador de resgate Nilton Nerea, nos contou:

“Fomos solicitados para esse resgate, pelo conhecimento que temos em áreas remotas, tirolesa, técnicas verticais, foi um resgate diferente do que estamos acostumados a atuar. Tivemos que sair da zona de conforto nosso para realizar esse resgate único”  


Para saber detalhes de como foi realizado o resgate do helicóptero utilizando tirolesa e técnicas verticais, veja a matéria completa em :
https://nerea.com.br/tirolesa-e-usada-para-resgate-de-helicoptero/

Conheça mais sobre a Nerea e sua equipe de resgate em áreas remotas.

TOP 03: ATIVIDADES DE AVENTURA

Após mais de um ano de pandemia, é natural que muitos de nós estejamos desanimados. Não é fácil acordar todos os dias e ser bombardeado por notícias ruins. Pior ainda para aqueles que perderam um dos seus (Nossos sinceros sentimentos!).

Mas, para conseguirmos continuar, um dia de cada vez, estamos focando em listas de coisas que iremos fazer quando for possível. Lugares para ir, comidas para experimentar. Em nossa última postagem, fizemos o “TOP 03: Destinos para conhecer e se encantar”.





Hoje o nosso Top 03 será das atividades de aventura que queremos fazer (ou refazer).

  1. Tirolesa no Mineirão

Sim, essa novidade é real. A tirolesa no Minerão, montada e operada pela Nerea, havia sido inaugurada no início de 2020. Com pouco mais de um mês de operação, precisou ser fechada devido a pandemia de Covid-19. Então, com certeza essa é uma tirolesa que queremos refazer, levando nossos amigos para sentir essa emoção com a gente. Nada como uma dose de adrenalina para nos sentirmos ainda mais vivos! Nesse texto abaixo, contamos um pouco da experiência.

https://saiadazonadeconforto.com.br/por-que-ir-na-tirolesa-mineirao/

  1. Travessia 4×4 na Serra da Canastra

Esse passeio foi surpreendente e inesquecível. Passamos alguns dias em São João Batista do Glória, um cantinho encantador próximo a Capitólio (Curiosidade: O cânion de Furnas fica no município de São João Batista do Glória, apesar de Capitólio ter ficado mais famoso!). Voltando a travessia, percorremos aproximadamente 60 km, sendo grande parte por cima da Serra. Imagem da vista panorâmica surreal! Só indo pessoalmente para entender. E tão bom quanto o caminho, foi a chegada: Cachoeira Casca D’Anta, a maior queda d’água do Rio São Francisco. Leia abaixo como foi esse nosso bate e volta.

https://saiadazonadeconforto.com.br/cachoeira-casca-danta-um-mergulho-no-rio-sao-francisco/

3. Rapel em Lavras Novas

Agora vamos falar de dois amores: Rapel e Lavras Novas, MG. E a mistura não poderia ser melhor. Uma caminhada deliciosa, com vários mirantes no caminho leva até ao mirante em que fizemos o rapel. E o nosso coração não sabia se acelerava pela adrenalina da atividade, ou se acalmava ao vermos um dos finais de dias mais lindos da nossa vida, com um pôr do sol maravilhoso. Não sabemos explicar em qual ritmo ele estava, mas as batidas com certeza eram de felicidade e gratidão. Veja as fotos dessa aventura no link abaixo.

https://saiadazonadeconforto.com.br/rapel-lavras-novas/

JABUTICABEIRA EM VASO COM FOLHAS CAINDO

Existem várias formas de sair da zona de conforto em nossa vida. Por aqui sempre falamos sobre viagens, passeios e esportes que nos ajudam a enfrentar desafios, conhecer novas culturas, novos lugares e nos tornam pessoas melhores.

Porém, desde março de 2020, quando iniciou os processos de isolamento social devido a Covid-19 aqui no Brasil, apenas seguir em frente a cada dia tem sido um verdadeiro exercício sobre sair da zona de conforto.

Criamos então, outras formas de termos novas experiências, sem precisarmos necessariamente sair de casa e nos aglomerar. Investir em árvores frutíferas em grandes vasos, foi uma das nossas invenções.  

Plantamos desde então três árvores: uma jabuticabeira, uma amoreira e um pé de laranja imperial (ou limão imperial). A primeira delas foi a jabuticabeira, que é nosso assunto aqui hoje.

Nossa jabuticabeira está perdendo folhas e muitas delas estão ficando com as pontas marrom. Procuramos em diversos sites, blogs e vídeos no youtube e encontramos informações bem variadas: “muita água”, “pouca água”, “solo com excesso de nutrientes”, “solo carente de nutrientes”.  Nossas duas outras árvores seguem saudáveis e superando nossa expectativa, por isso continuamos sem ter ideia do que possa estar prejudicando nossa planta.

Resolvemos postar essa dúvida por acreditar que muitas pessoas saíram da zona de conforte e fizeram um jardim ou uma horta em casa e podem estar passando pelo mesmo problema. Ou melhor ainda, já encontraram uma solução!

Consegue nos ajudar? Deixe um comentário, tenho certeza que será útil para muitas pessoas.

Aproveitamos e fizemos uma lista de dicas de arvores que podem ser mantidas em vasos em nossa região (Suldeste do Brasil) onde o sol é forte o ano todo e as temperaturas medianas para alta. Lembrando que frutíferas gostam de muito sol, então o ideal é que sejam colocadas na área externa da casa ou apartamento ou ao lado de uma janela que tenha muita luminosidade.

– Amora

– Jabuticaba

– Acerola

– Pitanga

– Limão, laranja e demais frutas cítricas costumam se dar bem em vasos

– Limão Imperial ou limão melancia– Muito usados como planta ornamental, pois suas folhas e frutos são um charme)

Gostou? Tem mais dicas? Deixe nos comentários ou nos envie um e-mail. 

Viver ou durar – Rapel em BH

Hoje vamos começar com essa pergunta: Você quer viver ou durar? Não queremos dizer que para viver você precisa se arriscar ou abrir mão da segurança, e sim que você deve sair da zona de conforto e viver a vida.

“Você quer viver ou durar?”

 Escutamos essa frase de um amigo quando estávamos fazendo um rapel negativo de aproximadamente 40 metros de altura em Belo Horizonte na conhecida. Na hora foi um estímulo muito grande para iniciarmos o rapel e, depois da primeira descida, uma grande inspiração para descermos mais vezes. Queríamos VIVER, aproveitar cada segundo daquela aventura. 

Em nenhum momento deixamos a segurança em segundo plano, pelo contrário, durante todo o tempo os instrutores estavam atentos a tudo e a todos. Utilizamos equipamento de rapel certificados, como mosquetão, freio oito, freio stop, freio rig, capacete, cadeirinha, luva etc. Ou seja, todo material para a prática segura do rapel.

Viver o rapel de 40 metros em um feriado em BH e se sentir vivos foi único para nós.

Queremos durar o quanto for permitido, mas vamos viver cada dia, cada momento. Não podemos deixar que a vida passe para no final percebermos que duramos, mas não aproveitamos, não vivemos.

Sair da zona de conforto é viver! Aproveite cada momento único de sua vida!

Obrigado a todos que estavam presente neste momento.

Leia também:

O que é rapel?
04 Lugares incríveis para fazer rapel em BH e região
Equipamentos de rapel em BH

Pedal em Lavras Novas, MG: Veja onde alugar bike

Já falamos bastante por aqui sobre Lavras Novas, distrito encantador de Ouro Preto, Minas Gerais.

Não se deixe enganar pelo pequeno tamanho, pois apesar de singela e acolhedora a região é repleta de atividades: Trilhas, quadriciclo, tirolesa e rapel são apenas algumas delas. E hoje, falaremos sobre uma outra opção de diversão: Aluguel de bike em Lavras Novas, MG.

Leia Também:

Tirolesa em Lavras Novas, MG – Agência Céu
Rapel em Lavras Novas, MG
Onde se Hospedar em Lavras Novas, MG

O pessoal da Agência Céu, a única empresa que aluga bikes em Lavras Novas até a data que fomos e com valor acessível, tem essa opção incrível para quem quer se aventurar no esporte, mas não possui a bicicleta ou deixou em casa.

Pegando umas dicas com a Agência Céu

As bikes são de boa qualidade, atendendo perfeitamente quem não é profissional na prática. O aluguel da bicicleta é por hora ou por dia, podendo o passeio ser realizado onde o praticante preferir, sejam trilhas ou o centro de Lavras Novas, não há um roteiro definido.

Para escolher qual caminho seguir é importante pedalar em trilhas adequadas para seu nível de habilidade. Existem várias trilhas de bikes na região de Lavras Novas / Ouro Preto. Algumas longas para passar o dia todo no pedal.  E o que é realmente incrível, é que seja qual for sua escolha é possível se deslumbrar com os encantos de Lavras Novas.

Andar de bike em Lavras Novas é uma ótima opção para quem está a passeio no distrito e quer ter uma atividade que mescle esporte, aventura, contato com a natureza e com a cultura local.

Não é necessário ser um expert no esporte, mas ter facilidade em lidar com a bicicleta e saber realizar as trocas de marcha é importante. Se você não tiver nada disso, mas ainda assim quer saída da zona de conforto e experimentar, basta ter um leve espírito aventureiro e estar aberto a experiência. Se a subida ficou pesada, desça da bike e empurre um pouquinho, dá para curtir e as paisagens valem a pena.

Saia da Zona de Conforto e deixe o carro na pousada. Pedalar por Lavras Novas é uma excelente opção para curte ainda mais esse cantinho de Minas Gerais

Rapel em Lavras Novas com Agência Céu

Está procurando uma aventura em Lavras Nova, Minas Gerais? Está querendo sair da zona de conforto e curtir esse lindo distrito de Ouro Preto?

Imagina você curtir Lavras Novas e todas as suas belezas, fazer um trekking no topo da Serra do Trovão passando por três mirantes naturais para contemplar as lindas paisagens e o nosso famoso mar de montanhas.

Incrível, né? Mas pode ficar ainda melhor. No final da caminhada, no mirante mais bonito, você ainda pode praticar rapel curtindo toda essa beleza, como na foto!

 Sim, parece bom demais para ser verdade, mas é real. Essa é a proposta da Agência Céu, te guiar por uma região linda até chegar em um lindo mirante com a possibilidade de descer em um rapel de aproximadamente 25 metros.

Mirante em Lavras Novas

Mas, o que é rapel?

Para quem não está familiarizado com a palavra, rapel é uma técnica de descida vertical por cordas, muito usada em resgate em altura, operações militares e espeleologia e cada dia mais vem crescendo no turismo de aventura. Segundo a ABNT, o rapel é o “produto em que a atividade principal é a descida, em ambientes secos, em corda utilizando procedimentos e equipamentos específicos.”

O rapel esportivo é uma forma divertida de superar os seus limites, que atualmente tem ganhado cada vez mais adeptos. Com uma equipe qualificada e de confiança, que possua bons equipamentos e possua conhecimento técnico, você pode sentir toda a adrenalina com muita segurança.

Sobre a nossa experiência no Rapel da Agência Céu – Lavras Novas:

A foto anterior, de um dos mirantes que passamos para contemplação, já fez a caminhada até ali valer a pena. Mas estávamos bem próximos do nosso objetivo, que era o rapel.

Chegando ao ponto da descida, o rapel começou a ser montado pela Equipe da Agência Céu com todo o cuidado e segurança. A adrenalina da descida que se aproximava já tomava o espaço da tranquilidade que a natureza ao redor emanava. E que mistura deliciosa de sensações e sentimentos!

Assim que tudo estava montado e testado iniciamos o rapel. Um rapel com baixo grau de dificuldade, sendo possível ser realizado por quem possui pouca ou nenhuma experiência.

Rapel em Lavras Novas MG

No início, que é a parte que costuma dar mais frio na barriga, você praticamente desce uma escada na rocha, o que facilita muito e deixa o praticante mais encorajado.

Após essa parte, é um momento único que palavra nenhuma descreve. Sentir-se vivo fazendo um rapel em Lavras Novas, com a exuberância da natureza nos acolhendo em um maravilhoso pôr do sol. 

Rapel Lavras Novas Casaç
Somos o pontinho branco e amarelo no meio da rocha!

Deixamos esse detalhe que faz toda a diferença para contar no final. O rapel é feito no fim do dia para poder curtir o pôr do sol da Serra do Trovão de Lavras Novas. Essa hora do dia também deixa todo o trekking de ida mais agradável, por já estar com o sol mais baixo e traz mais uma aventura para fechar com chave de ouro: O trekking noturno.

Trekking Noturno

Ao final do rapel, depois do pôr do sol maravilhoso temos ainda mais aventura para o dia – ou melhor -, para a noite: Um trekking noturno de retorno. A caminhada é muito tranquila e a equipe da Agência Céu, conhece totalmente o percurso e ainda leva lanternas de cabeça para os clientes.

Uma dica que damos é fazer uma pequena pausa no meio do caminho e olhar para o alto. Se sentir mais próximo do céu, como se as estrelas fossem pontos de luz que estão ali para ajudar a iluminar o caminho. Apenas incrível!

 

Se nos perguntarem se vale a pena fazer esse rapel em Lavras Novas, nossa resposta é simples: Se fosse só o rapel, já valeria a pena, mas todo esse combo, deixa essa aventura imperdível!

Conheça Também a Tirolesa em Lavras Novas clicando aqui!

Mais informações sobre o Rapel com a Agência Céu em Lavras Novas:

O que é: Rapel de 25 metros de altura

Onde está localizado: Serra do Trovão de Lavras Novas, distrito de Ouro Preto em MG.
4 km totais de caminhada, sendo 2 km para ida e 2 km para o retorno.

Idade Mínima para o rapel: 12 anos.

Atenção: Obrigatório calçado fechado, como tênis e bota de trekking.

Todos os equipamentos para a prática segura do rapel estão inclusos.