Na nossa série de postagens sobre a América do Sul, já falamos de vários países como Chile, Peru, Argentina e Brasil, dando continuidade a essa série, vamos falar do Equador!

 

Antes de iniciar a leitura dessa reportagem, confira:

 

1 – Vulcão Quilotoa

quilotoa

O vulcão Quilotoa, localizado a 180 Km de Quito, está inativo e se encontra a uma altitude de 3800 metros.

Graças a essa inatividade, um lago surgiu na cratera deste vulcão, afluente que é marcado pelas várias tonalidades de azul e verde, proporcionando aos turistas uma visão que mais parece uma obra de arte.

O lago, que possui o mesmo nome, tem 3Km de diâmetro e cerca de 250 metros de profundidade.

É possível dar a volta no vulcão, o que pode demandar um pouco mais de tempo e exigir que você tenha em mãos bons equipamentos de camping. Também é possível apenas contemplar o lago, sem fazer tanto esforço, já que para chegar até o topo do vulcão, há ônibus e transportes particulares.

Outra atividade que pode ser feita, é descer até a beira do lago, porém lembre-se que para toda descida, tem uma subida e vocês estarão a quase 4 mil metros de altitude(risos).

 

2 – Vulcão Cotopaxi

Vulcão Cotopaxi

Vizinho do Quilotoa, o vulcão Cotopaxi está localizado a aproximadamente 75 Km de Quito. No entanto, diferente do Quilotoa, o Cotopaxi está ativo e última erupção dele foi em 2015.

Ele é considerado o vulcão ativo mais alto do mundo, pois está localizado em uma altitude de 5897 metros e ele faz parte do Parque Nacional Cotopaxi.

A temperatura no topo pode variar entre 14 graus até 0 graus, o que faz com que o cume seja nevado.

Para realizar o percurso, a recomendação é sair de madrugada, pois o trajeto demora cerca de 7 horas e é necessária a contratação de um guia.

Para aqueles que não querem ir até o topo do vulcão, nossa recomendação é fazer uma parada na Laguna Limpiopungo, que dependendo do clima, vai proporcionar um visual espelhado(imagem acima).

 

3 – Mitad Del Mundo

Mitad Del Mundo

Todo mundo que já estudou geografia já ouviu falar da Linha da Equador, não é verdade?

Então, a Mitad Del Mundo é um parque localizado a 30 Km de Quito e o local exato que a divisão dos hemisférios acontece.

Para conhecer todo o parque é necessário disponibilizar algumas boas horas, já que são várias atrações, além de conseguir a foto perfeita com um pé em cada hemisfério, o parque possui planetário, museu etnográfico e muitas outras atrações.

 

4 – Ilhas Galápagos

Galápagos

Localizada a 1000 quilômetros da costa equatoriana, o arquipélago de Galápagos é formado por diversas ilhas, sendo apenas quatro delas habitadas.

A biodiversidade do arquipélago é algo único e possui animais como tartarugas gigantes, iguanas, leões marinhos, focas e flamingo.

A fauna marinha também é um grande destaque, já que muitos turistas vão para o lugar apenas para realizar mergulho nas águas cristalinas para avistar baleias, arraias, cavalos marinhos e outros peixes exóticos.

Cada ilha possui atividades exclusivas, então vale a pena fazer um tour pelo arquipélago.

 

5 – Puerto Lopez

Puerto Lopez

Neste caso, Puerto Lopez é apenas uma referência para o passeio até Isla de La Plata, que é conhecida como Pequena Galápagos, já que a fauna é bem similar!

Porém a principal atividade para se realizar aqui é avistar as gigantescas jubartes saltando para fora do mar. A melhor época do ano para essa atividade é entre os meses de Junho e Outubro, já que o oceano está mais quente, consequentemente as baleias estão mais próximas da superfície.

 

Já visitaram algum desses lugares equatorianos? Recomendam algum outro?