Rapel é uma atividade em altura que envolve pouco preparo físico, mas muita coragem e disposição!

Algumas pessoas pensam que a prática só dá para ser feita em ambientes selvagens (como em cachoeiras ou a descida de uma rocha após uma escalada), o que não é verdade. Vamos listar lugares de prática de rapel urbano, mas antes vamos conhecer um pouco mais sobre essa técnica.

 

O que é Rapel?

A versão mais conhecida do início do rapel é de que foi inventado por espeleologistas franceses no início do século XX. Dizem que os estudiosos encontravam dificuldades para acessar algumas cavernas e então resolveram usar cordas para se deslocarem nas alturas.

Desde então o rapel se tornou uma técnica para transposição de obstáculos verticais praticada com o objetivo de chegar em um ponto.

Mesmo sendo praticado comumente pelos amantes de esportes radicais, o rapel não é considerado como um esporte. A prática é considerada uma técnica de deslocamento.

Por mais que seja uma atividade em altura, o rapel, tomadas algumas precauções, como a utilização de equipamentos de qualidade e o acompanhamento de pessoas com conhecimentos técnicos e experientes, é uma prática segura.

Agora vamos falar sobre os locais em que é possível praticar rapel urbano.

 

Torre Alta Vila

  • Facebookhttps://www.facebook.com/saiadazonadeconforto.szc

A primeira parada que faremos no nosso tour por alguns pontos para se praticar rapel em Belo Horizonte e região acontecerá na cidade de Nova Lima, mais precisamente na Torre Alta Vila.

A Torre presente no bairro Vila da Serra é quase um cartão postal da cidade de Nova Lima. O edifício possui nove andares e uma torre anexa.

No total, a construção possui 101 metros de altura e no topo possui uma estrutura toda feita de aço inoxidável que permite com que o visitante tenha uma vista panorâmica da cidade de BH e cidades vizinhas.

Acima deste mirante, há uma estrutura feita para práticas de bungee jump e rapel. O praticante desce pelo lado de fora da torre, apreciando a vista de BH.

 

Edifício JK

  • Facebookhttps://www.facebook.com/saiadazonadeconforto.szc

Agora vamos falar de um dos prédios mais icônicos de Belo Horizonte, o edifício JK. A construção, que existe desde 1970 e possui 100 metros de altura, chama a atenção dos mais corajosos que gostam de praticar rapel urbano.

O prédio de 36 andares, em que foi realizado o rapel,  foi construído para tentar amenizar a crise de moradia que atingia a classe média. Atualmente o prédio abriga cerca de cinco mil pessoas das mais diversas classes.

O conjunto que conta com dois edifícios possui um moderno sistema de segurança que, juntamente com a brigada de incêndio, funciona 24 horas por dia. O edifício JK atrai estudantes, turistas e até mesmo aventureiros, como neste dia em que fizemos esse rapel!

 

Pontinha Belvedere

  • Facebookhttps://www.facebook.com/saiadazonadeconforto.szc

Vamos agora em direção a um dos bairros mais nobres de BH, o Belvedere. Nas proximidades do BH Shopping existe uma ponte que passa por cima de uma antiga linha de trem.

Neste local é comum uma movimentação de pessoas praticando rapel, especialmente aos finais de semana.

A pontinha proporciona à pratica de rapel tanto para os veteranos quanto para os iniciantes, por possuir uma altura mediana, de 15 metros.

 

Cachoeira Alta – Ipoema

  • Facebookhttps://www.facebook.com/saiadazonadeconforto.szc

Agora vamos finalizar o texto com um gostinho de um rapel na natureza, mais afastado dos centros urbanos, porém bem acessível para o público. Vamos falar sobre uma forma diferente para renovar as energias em uma cachoeira!

A Cachoeira Alta, localizada em Ipoema no município de Itabira, reserva para os visitantes paisagens maravilhosas e a possibilidade de realizar rapel na cachoeira de aproximadamente 100 metros de altura.